Home » Cidades » Niquelândia » Precatórios de quase R$ 8 milhões deixa a prefeitura de Niquelândia com dificuldades e pode comprometer até a folha de pagamento dos servidores

Precatórios de quase R$ 8 milhões deixa a prefeitura de Niquelândia com dificuldades e pode comprometer até a folha de pagamento dos servidores

Prefeitura Municipal de Niquelândia informa a toda população, sobretudo aos servidores públicos que estamos passando por séria de dificuldade em continuar honrando o compromisso de manter a folha de pagamento em dia, em razão do numerário que será debitado nas contas da Prefeitura nos próximos meses, sendo um total R$ 7.526.674,95, parcelado em 08 vezes de R$ 836.297,22 referentes aos precatórios que serão pagos entre os 15/04/2022 a 15/12/2022, previsto no Processo nº 201807000114973.
Todavia, se faz necessário esclarecer ainda a população, que tais precatórios são advindos de processos judiciais ajuizados desde 2013 e transitados em julgado em 2016 em diante, cuja origem, na sua maioria se deu por dívida contraída para com a União, relativos a dívidas de FGTS e INSS.
A população carece ser informada que a atual gestão, desde quando assumiu em meados de 2018 até agora, efetuou o pagamento de cerca de 7,5 milhões em Precatórios, cuja origem dessas dívidas são provenientes de gestões passadas, a partir de 2012.
O Prefeito Dr. Fernando Carneiro expressa sua mais profunda indignação com os gestores anteriores, que de forma irresponsáveis deixaram de honrar com parcelamentos que beneficiaria o município a continuar cumprindo seus compromissos, dentre eles o mais importante, considerado por ele, o pagamento da folha em dia.

Sobre Osvando Teixeira

Veja isto também

Depois de muita cobrança da atual administração do município de Niquelândia, a Enel finalmente inaugura a nova subestação no município

  A obra em Niquelândia, orçada em R$ 30 milhões, integra pacote inicial de R$ ...

Enel inaugura subestação em Niquelândia

Distribuidora investiu cerca de R$ 30 milhões na obra, que vai melhorar a qualidade da ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.