segunda-feira , 26 fevereiro 2024
Home » Cidades » Niquelândia » Anglo American desenvolve programa de saúde em municípios anfitriões em Goiás

Anglo American desenvolve programa de saúde em municípios anfitriões em Goiás

Iniciativa já capacitou, até o momento, cerca de 400 profissionais das secretarias de saúde, educação e assistência social. Programa visa a promoção da atenção básica em saúde. 

Capacitação e-SUS (Programa Previne Brasil) realizada em Niquelândia (GO).

Em alinhamento aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), a Anglo American está promovendo um programa de saúde voltado para as comunidades anfitriãs do seu empreendimento de níquel em Goiás. A iniciativa já capacitou, até o momento, cerca de 400 profissionais das secretarias de saúde, educação e assistência social dos municípios de Barro Alto e Niquelândia.

Os treinamentos, que visam fortalecer políticas e serviços públicos de saúde da região, priorizam as metas do ODS 3, referente à saúde e bem-estar, com foco no controle de doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, diabetes, câncer de mama e de colo de útero (meta 3.4); na prevenção do abuso de álcool, tabaco e outras drogas (meta 3.5); e na promoção da saúde sexual e reprodutiva da população (meta 3.7).

“Baseados em estudos técnicos, análises de dados e consultas junto ao poder público e às comunidades, iniciamos o trabalho focados nestas três temáticas do ODS 3 da ONU, visando assegurar condições para proporcionar uma vida saudável para a população em todas as idades. Este programa vai ao encontro do nosso propósito de reimaginar a mineração para melhorar a vida das pessoas e dos objetivos traçados em nosso Plano de Mineração Sustentável”, afirma Daniel Tito Guimarães, gerente de Sustentabilidade e Integração da Anglo American.

As capacitações, que foram iniciadas em junho do ano passado, estão sendo realizadas em parceria com ONGs e empresas especializadas, e envolvem agentes comunitários de saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, psicólogos, pedagogos, assistentes sociais, odontólogos, recepcionistas e fisioterapeutas locais. Ao todo, foram destinadas, até o momento, quase 260 horas de treinamentos. “O programa também inclui o aprimoramento de ferramentas de gestão em saúde para as secretarias municipais, visando mais qualificação para a gestão da informação. Além disso, escolas públicas participam de ações educativas em saúde”, completa Tito.

“Esse tipo de capacitação mudou a minha forma de enxergar o mundo e as pessoas, principalmente as mulheres que precisam ser respeitadas e valorizadas”, afirma Maria Valdivina Gonçalves, orientadora social que participou de um dos treinamentos de saúde do programa.

Melhorias nos indicadores refletem mais investimento do SUS 

Equipamentos foram doados à Universidade Federal de Goiás (UFG).

A partir de 2019, foi implementado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) o programa Previne Brasil. Trata-se de um novo modelo para financiamento da Atenção Primária à Saúde (APS) que leva em consideração três critérios: o número de pessoas acompanhadas nos serviços de saúde, em especial as que participam de programas sociais, crianças e idosos; a melhoria das condições de saúde da população; e a adesão a programas estratégicos, como o Conecte SUS (informatização).

“Com a alteração da forma de distribuição de recursos federais, o acompanhamento contínuo dos indicadores de saúde é determinante para a obtenção de resultados positivos. Portanto, quando promovemos capacitações em saúde, estamos contribuindo para que os municípios recebam mais recursos do SUS”, explica Tito.

Mais investimentos em saúde 

Recentemente, a companhia também doou equipamentos de RT e PCR para a Universidade Federal de Goiás (UFG). Esses aparelhos foram adquiridos pela mineradora no período da pandemia da Covid-19, para otimizar resultados de testes para empregados, familiares e comunidades e, agora, serão usados pela instituição de ensino e pesquisa do estado. A Anglo American também realizou instalação e calibração dos dispositivos, além de treinamento para a equipe da universidade.

Sobre Osvando Teixeira

Veja isto também

Equatorial Goiás entrega reforma de 9 agências de atendimento

A Equatorial Goiás entregou em 2023 a reforma de 9 agências de atendimento no Estado. ...

Cerrado do Norte Goiano recebe novas pesquisas científicas em 2024

Novos estudos fazem parte da agenda de investimento socioambiental do Legado Verdes do Cerrado no ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.