Polícia Civil indicia ex-prefeito Toninho Camargo por homicídio triplamente qualificado

A investigação que indiciou um ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás por homicídio triplamente qualificado foi concluída pelo Grupo de Investigações de Homicídio (GIH), na última terça-feira (28/09). Além do político, cinco pessoas foram indiciadas pelo homicídio da vítima identificada como Wender Luiz de Aguiar, ocorrido no dia 08 de março deste ano, em Aparecida de Goiânia.

Segundo as investigações, a vítima chantageava o ex-prefeito, cobrando-lhe dinheiro mensalmente em razão de anos atrás ter matado a amante do político, que na época estava grávida de seis meses. Este fato gerou uma dívida entre ambos, como forma de gratidão.

Além disso, foi apurado pela Polícia Civil que o político estava cansado das cobranças, decidindo pôr um fim na dívida espúria. Para a execução do homicídio, o ex-prefeito desembolsou a quantia de R$ 10 mil, paga aos executores pelo seu motorista.

Além do mandante, os executores e outros participantes foram identificados. O GIH cumpriu na terça-feira o mandado de prisão preventiva contra o ex-prefeito e seu motorista, que estão à disposição do Poder Judiciário no momento. As prisões foram convertidas de temporárias para preventivas e os demais envolvidos permanecem foragidos.

Fonte: Jornal O Hoje

Sobre Osvando Teixeira

Veja isto também

Encontro nacional do União Brasil faz Caiado avançar na corrida pela presidência República

Evento reúne lideranças e toda executiva nacional do partido em apoio ao projeto do governador …

Caiado promove Encontro Nacional do União Brasil em Goiânia neste sábado

Governador recebe lideranças nacionais e estaduais em agenda que busca fortalecer bandeiras da direita para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.