Home » Policial » Genarc de Formosa prende quadrilha de clonagem de cartões
Produtos apreendidos em poder da quadrilha

Genarc de Formosa prende quadrilha de clonagem de cartões

Produtos apreendidos em poder da quadrilha

Com objetivo de investigar quadrilha de jovens de classe média que clonavam diversos tipos de cartões e praticavam o crime de furto qualificado mediante o uso da fraude, além da venda de tais cartões, a polícia de Formosa deflagrou a operação “Perdeu Playboy”.

Na tarde do último dia 2, o Grupo Especial de Repressão a Narcóticos deu o primeiro passo no desfecho da operação com a prisão de quatro indivíduos, dois deles sendo os mentores da quadrilha.

Sebastião Lobo Netto era a mente da associação criminosa, sendo ele quem possuía a aparelhagem necessária para a “pinagem” e impressão de cartões. Dentre as falsificações havia cartões da SODEXO, American Express, Bradesco, dentre outros.

Juntamente com Netto foram presos Gicelmo Guimarães Santarém Souza, Marcos Rodrigo Gomes da Silva e Maurílio Rodrigo Gomes da Silva. Estes últimos, dois irmãos da cidade de Planaltina de Goiás que vieram até Formosa para alugar uma das máquinas de Netto. Ao fazerem o pagamento do aluguel com uma TV de LED de 40 polegadas, avaliada em R$2.500,00, foram presos em flagrante.

Com Netto e Gicelmo foram encontrados dezenas de cartões, prontos e também matrizes em branco, uma magnetizadora de cartões, um notebook e a TV dada como pagamento.

As investigações ainda continuam e até o desfecho da operação outras pessoas ainda serão presas.

O grupo foi preso em flagrante pelos crimes de furto mediante fraude, posse de petrechos para falsificação, falsificação de documento particular, receptação e formação de quadrilha.

Sobre Osvando Teixeira

Veja isto também

Família de funcionário do Banco do Brasil de Uruaçu é sequestrada

Um trabalho entre as polícias Civil e Militar evitou que o pior pudesse acontecer a ...

Quadrilha explode caixa eletrônica em Goianésia

A Polícia Civil de Goianésia trabalhará em conjunto com a DEIC de Goiânia a fim de ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.