terça-feira , 16 agosto 2022
Home » Goiás » ENEL DISTRIBUIÇÃO GOIÁS DESENVOLVE PROJETO DE INTEGRAÇÃO PARA IMIGRANTES E REFUGIADOS

ENEL DISTRIBUIÇÃO GOIÁS DESENVOLVE PROJETO DE INTEGRAÇÃO PARA IMIGRANTES E REFUGIADOS

Iniciativa levantou que 31% dessas pessoas não tinham renda e encaminhou para capacitação e para vagas no mercado de trabalho.

Em comemoração ao Dia do Imigrante, celebrado neste sábado (25), a Enel Distribuição Goiás divulga os resultados de um ano do Projeto Acolher, que tem como principal objetivo contribuir para a integração de imigrantes e refugiados no Estado de Goiás. Em um ano de atividade, o projeto viabilizou a contratação de 17 pessoas e beneficiou mais de 270 pessoas.

O Projeto Acolher faz parte do programa Enel Compartilha Cidadania e é executado em parceria com a empresa AVSI Brasil. A iniciativa visa a promover empregabilidade, diversidade e inclusão de imigrantes e refugiados que estejam fora de seus países de origem.

Para iniciar o trabalho, foi realizado um diagnóstico desse público junto a organizações de Goiás que chegam a atender 3 mil imigrantes/ refugiados. Desse modo, foi constatado que 55% são venezuelanos, 28% haitianos e 17% vieram do Senegal, Guiné-Bissau e Argentina, com uma faixa etária média de 37 anos. Na oportunidade, 31% não contavam com nenhum tipo de renda para sobreviver.

“Esse levantamento nos ajudou a encaminhar as pessoas em vulnerabilidade social para formação e capacitação para o mercado de trabalho. Por intermédio de instituições parcerias previamente mapeadas, direcionamos imigrantes e refugiados para fazerem cursos de português em parceria com a UFG e de culinária (salgados finos e simples) no Senac. Também foi feito um trabalho muito importante de busca ativa de oportunidades de trabalho em empresas locais para encaminhamento para uma vaga de emprego”, afirma o responsável de Sustentabilidade da Enel Distribuição Goiás, Adriano Faria.

O projeto também identifica outros tipos de necessidades como orientação e auxílio na confecção de currículos profissionais, regularização ou solicitação de documentos pessoais na Polícia Federal, orientações sobre atendimentos públicos no Estado e cadastramento ou atualização do NIS (Número de identificação social) e Auxílio Brasil.

 

Sobre Osvando Teixeira

Veja isto também

ENEL LEVA MÚSICA E SERVIÇOS PARA O INTERIOR DE GOIÁS

Projeto Educanto vai passar por 21 cidades com apresentações da artista goiana Maria Eugênia e ...

Lissauer é oficializado coordenador da campanha à reeleição de Caiado

Presidente da Alego atuará na linha de frente no projeto de reeleição do governador Ronaldo ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.